Olá!

Somos o Timbre. Um espaço de opinião sobre música vibrando em novas frequências.

ONE SHOT, TWO SHOT - BoA

ONE SHOT, TWO SHOT - BoA

BoA.jpg

ONE SHOT, TWO SHOT

BoA
SM Entreteniment
Fevereiro/2018
K-Pop
O que achamos: Muito bom

O k-pop sempre foi uma febre no oriente e agora vem ganhando o público ocidental de uma forma jamais vista. Dominados pelos grupos femininos e masculinos, com uma quantidade enorme de integrantes, coreografias impecáveis e visuais incríveis, fica difícil se destacar como um artista solo. Mas não para Kwon Bo Ah (권보아). A coreana mais conhecida como BoA é uma das mais antigas no mundo do k-pop, foi descoberta pela sua gravadora nos anos 2000 com apenas 11 anos e após dois anos de treinamento debutou ganhando visibilidade considerável na Coréia. Dois anos depois, já fazia história sendo a primeira cantora coreana a vender 1 milhão de cópias no Japão, com seu álbum de estréia japonês Listen to My Heart. Depois disso BoA consolidou sua carreira na Coréia e no Japão, lançou álbum nos Estados Unidos, fez filme, ou seja, temos que respeitar.

boa_one_shot_two_shot.gif

Agora com foco no mercado coreano, BoA acaba de lançar ONE SHOT, TWO SHOT, um EP que comprova a sua maturidade musical, explorando elementos como R&B, deep house, hip-hop e o pop, claro. A faixa título abre o EP com a faixa título, "ONE SHOT, TWO SHOT" é envolvente com estrofes suaves e batidas fortes gerando esse contraste delicioso entre a voz da cantora e o flow da música. A faixa vai crescendo e acelerando já no pre-chorus assumindo uma pegada mais eletrônica, cheia de energia e com o que os coreanos fazem de melhor, um refrão chiclete. Seguimos com "EVERYBODY KNOWS", um pouco mais morna, uma pegada eletro-pop mas dando um belo destaque a voz da coreana.

nega_dola_boa.gif

A terceira faixa é "NEGA DOLA", lançada previamente em janeiro, tem uma pegada mais soft, com uns instrumentais com referências do funk. "YOUR SONG" chega dando uma porrada nos fãs de BoA, com uma pegada hip-hop fortíssima, com participação de rapper coreano Junoflo a faixa tem um flow maravilhoso e te deixa com vontade de fazer uns twerks. Ao ouvir a "RECOLLECTION" eu já dei um grito de 'ISSO QUE É POP DE QUALIDADE MEU POVO'. É aquela faixa que você percebe o quão seguro o artista tá em fazer seu trabalho, que cria algo delicioso de se ouvir, a fórmula perfeita. A penúltima faixa "ALWAYS, ALL WAY" conta com a participação do coreano Chancellor. Nela, eles exploram o R&B, com uma pegada bem envolvente, trazendo toda uma sensualidade para a música. Encerrando o EP, temos "CAMO", faixa que também já tinha sido lançada em 2017, sem muitos diferenciais mas que também não é ruim.

BoA tem quase 20 anos de carreira, cresceu cercada de influências orientais e ocidentai, e a cada trabalho lançado fica mais evidente como ela é madura e flexível. Explorando novas sonoridades, abraçando sua identidade, trabalhando com artistas diferentes e acima de tudo, fazendo música de qualidade. O mercado coreano é muito cruel e a industria do k-pop funciona a todo vapor: um dia você é o #1, no outro você já flopou. Talvez BoA não consiga superar alguns grupos que hoje dominam os charts coreanos, mas de uma coisa eu tenho certeza: vai ser difícil alguém fazer música com a qualidade e a versatilidade que Kwon Bo Ah faz.

Dear Annie - Rejjie Snow

Dear Annie - Rejjie Snow

Pasar de las Luces - Mint Field

Pasar de las Luces - Mint Field