Olá!

Somos o Timbre. Um espaço de opinião sobre música vibrando em novas frequências.

How to Solve our Human Problems (part 3) - Belle & Sebastian

How to Solve our Human Problems (part 3) - Belle & Sebastian

4000x4000px_EP3Cover_1024x1024.jpg

How to Solve our Human Problems (part 3)

Belle & Sebastian
Matador
Fevereiro/2018
Folk Pop, Disco, Indie Pop
O que achamos: Bom

Mostrar-se o coração nu, vivo e frágil é uma tarefa nada fácil e que exige verdadeira coragem, e o Belle & Sebastian aprendeu a fazer isso muito bem. Com a conclusão da trilogia de minidiscos da banda escocesa, fica claro que o projeto funciona como uma afirmação da identidade única da banda e do grande caldeirão de talentos que ela representa. Identidade essa que marca não só uma época nos anos 90 em que a celebração da vulnerabilidade representou um tipo de rebeldia incomum e menos limitado, mas que também se mantem sempre atual, por se manter sempre jovem.

Grandes compositores, grandes vozes e grandes músicos constroem, em How to Solve our Human Problems (Part 3), uma bela e singela obra que reúne o que há de melhor nas duas partes anteriores do projeto. A sonoridade continua diversa dentro do universo de gêneros em que o Belle trabalha: o disco, o folk pop, o pop "madrugada" tão clássico que parece ter sido inventado pela própria banda. Nesse palco enfeitado com belos adornos e sustentado por uma maturidade emocional tão romântica quanto sábia, a banda canta revelações como as de "Poor Boy", a faixa de abertura em que se percebe a fatiga que vêm de dedicar-se tanto a atender as expectativas de um interesse amoroso exigente demais.

"Best Friends" é o ponto alto do trabalho e talvez de todo o projeto How to Solve our Human Problems. É o pop em sua melhor forma, é o Belle em seu estado de arte. Letras melancólicas cantam sobre a vontade de se aproximar e o medo de se entregar demais. Tímidos arranjos de sintetizador preenchem os espaços entre batidas e violões criando uma instrumentação onírica para a melodia doce da canção, interpretada maravilhosamente por Sarah Martin.

A faixa encerra com chave de ouro um projeto cheio de energia e com muito a mostrar. Assim como a parte anterior, Part 3 tem sua relevância confirmada por ser um trabalho bem executado e com coisas lindas a dizer, a sonhar, a cantar e a chorar também. É o tipo de trabalho com a atmosfera específica para provocar catarses tão necessárias em momentos em que é tão fácil se sentir dormente dia sim, dia não. Mesmo de olhos abertos, é bom verificar se o coração está acordado, e o Belle & Sebastian criou o despertador perfeito para isso.

Historian - Lucy Dacus

Historian - Lucy Dacus

Taurina - Anelis Assumpção

Taurina - Anelis Assumpção