Olá!

Somos o Timbre. Um espaço de opinião sobre música vibrando em novas frequências.

Alexis Taylor - Beautiful Thing

Alexis Taylor - Beautiful Thing

alexis-taylor-beautiful-thing-capa-696x696.jpg

Beautiful Thing

Alexis Taylor
Domino
Abril/2018
House
O Que Achamos: Muito Bom

Uma das faces da banda Hot Chip retorna com um quarto disco solo. Sob o selo da Domino, Alexis Taylor encontra o ponto de equilíbrio entre os trabalhos da banda e seus álbuns solos, uma reafirmação de sua capacidade de fazer música boa não importa o estilo musical. Beautiful Thing é uma obra confessional que alia a delicadeza de seus trabalhos solos à exuberância dos trabalhos do Hot Chip.

Sua produção é metódica e detalhista, porém, logo de cara, é pouco carismática. Alexis emerge de sua bolha de conhecimento pessoal com faixas que inicialmente são pouco convidativas e não chamam tanta atenção num primeiro instante. Mas não se engane com essa primeira impressão, seu house experimental com um belo repertório de baladas repletas de personalidade e vulnerabilidade é uma ótima pedida. Faixas coesas e equilibradas, com uma simetria um tanto aparente e quase que perfeitamente calculada. Talvez esse seja o maior defeito do álbum, tornando o som um tanto automático e escondendo o sentimento que grita para se libertar, uma pedra no meio do caminho, mas nada que faça o álbum não valer a pena. Em seu Transe hipnótico e multicolorido, Alexis entrega um álbum imersivo e confiante.

Com quase nenhuma opção para pista de dança e fora de um circuito mais comercial, “Beautiful Thing” soa como se fosse feito para um seleto grupo, os fãs mais antigos ficarão extasiados com essa obra, que referencia os feitos anteriores do artista, mas sem deixar a novidade de fora. Alexis Taylor mostra que depois de uma extensa carreira ainda tem muita coisa para oferecer.

Conheça o Tagua Tagua

Conheça o Tagua Tagua

Grid of Points - Grouper

Grid of Points - Grouper