Olá!

Somos o Timbre. Um espaço de opinião sobre música vibrando em novas frequências.

Forever & Ever - SALES

Forever & Ever - SALES

sales-foreverandever.jpg

Forever & Ever

SALES
Independente
Julho/2018
Indie Pop
O que achamos: Bom

SALES, originário de Orlando (FL), é um duo composto por Lauren Morgan (guitarra, vocais) e Jordan Shih (guitarra, programação). Amigos de longa data, os músicos tocam e gravam juntos há algum tempo, tendo lançado seu primeiro single em 2013. Imersos em um indie pop que remete a Beach House, Crumb e até No Doubt, SALES construiu uma identidade musical bastante própria, compondo com base na improvisação e se utilizando de samples. A discografia da banda é composta por, além dos singles, um EP, SALES EP, de 2014, e dois álbuns: SALES LP (2016) e Forever & Ever, recém-lançado. Em um conjunto de calmas baterias programadas, vozes de guitarra contrastantes e o vocal agridoce de Morgan, Forever & Ever apresenta uma constância agradável, que se torna confortável e que mostra uma essência misteriosa e reflexiva do duo.

Saber que Morgan e Shih trabalham com samples e improvisações é importante para compreender o clima de Forever & Ever. Através de versos curtos, emanam palavras simples e reflexões complexas; das guitarras, uma canta e outra, por entre pedais e efeitos, embala o tom característico do dream pop. É dessa forma que a primeira faixa, “Spiral”, abre o álbum, com Morgan cantando, com pouco volume e muito eco, palavras como “Time, my favorite spiral/ I got an eye-roll/ From your friends/ You work in the mornings/ A boring 9 to 5/ And you're spent”. “Off and On” traz um lado mais sombrio, que não se exagera, permanecendo no espectro do indie alegre-porém-melancólico no qual o SALES se encaixa perfeitamente. A temática aborda o sentimento de um casal que parece se distanciar, sem a coragem de encarar a possibilidade de um término: “Is it just our indifference, or the distance/ That keeps us on this path?”.

A faixa seguinte, “All These Things”, permanece tratando do amor, mas com uma reflexão mais pessoal, revelando medos ao discutir dificuldades e problemas de uma relação. O instrumental, mais seco, harmoniza-se com o modo pontual de Morgan de cantar, causando uma sensação de anestesia proveniente de um embate interno dos sentimentos. Já “White Jeans” é uma balada moderna que descreve com delicadeza a ingenuidade e a beleza de um encontro. É o apaixonamento que se mostra como uma dança, movida pelo ritmo e pela música, fazendo com que imaginemos olhares independentes de palavras e toques elétricos. “Talk a Lot”, mais animada, mostra um lado Gwen Stefani dos vocais de Morgan, que tem maior presença do que nas outras faixas e embala um instrumental dançante, ainda que de modo sutil, quase tímido. A letra, acompanhando esse clima, tem uma leveza considerável: “Trust the moment/ Just shake off that, easy/ Trust the moment/ I’m feelin’ so breezy”.

“Your Own”, nona faixa do álbum, abre com um sample de uma voz masculina e um clima alegre, que se junta ao instrumental constante e homogêneo de Forever & Ever. A música aborda uma crítica ácida - sem deixar de adicionar o açúcar por cima - a uma figura que se aproveita de outros para poder crescer, passando cegamente por cima dos sentimentos alheios por razões egoístas: “Taking pieces of their hearts/ So you can grow and learn from it/ Turning back to look at the path/ It was worth it”. Finalmente, “Rainy Day Loop” fecha o álbum, em clima melancólico, com reflexões a respeito de distância, não-pertencimento e insegurança. As guitarras em loop e a percussão eletrônica contínua trazem uma sensação de interrupção, e não fim, causando um leve e pontual desconforto.

Forever & Ever é, assim, uma aventura contida pelos pensamentos e emoções do SALES, caminhando por reflexões a respeito das relações, dos outros e de si. O resultado é um álbum encantador, porém absolutamente constante, que caminha por uma mesma linha e uma mesma tonalidade, havendo algumas poucas lombadas e curvas no percurso. A beleza do álbum, aliás, parece residir justamente aí: a melancolia atenuada e a alegria anestesiada se unem, formando um conjunto que não é nem muito doce nem muito salgado, mas que é repleto de outros sabores interessantes. Com essa fórmula, Forever & Ever é, certamente, ainda que em Orlando o sol brilhe mais do que nunca, um agradável álbum de inverno, para ouvir baixinho, debaixo das cobertas.

As Melhores Faixas de Julho

As Melhores Faixas de Julho

Hive Mind - The Internet

Hive Mind - The Internet